Como procrastinar e ainda ser um gênio criativo

O ano é 1496.

Você, um observador aleatório, talvez um viajante no tempo, está parado em frente à incrível pintura de Leonardo da Vinci, uma das pinturas mais reconhecidas do mundo — A Última Ceia.

Leonardo encara a pintura por uma hora. Examina cada detalhe, indo em cada possibilidade única com a sua mente. Ele gasta uma quantidade agonizante de tempo fazendo nada além de encarar sua pintura.

Então, ele dá uma simples pincelada e sai.

Ele cumpriu seu trabalho do dia.

Você diz à você mesmo, “nossa, esse cara é a pessoa menos produtiva que já vi”.

Leonardo da Vinci gastou 3 anos pintando A Última Ceia, e talvez uma porção substancial não foi gasta pintando. Mas esse tempo foi realmente perdido?

Homem parado em frente a uma moldura vazia, imitando uma exposição.

Vamos reformular a “procrastinação” como um subconjunto do trabalho ativo

Todo mundo procrastina com regularidade, independentemente de estarmos cientes disso ou não. É normal procrastinar. Se você não o faz, você ou é um robô ou está mentindo.

Mas para a procrastinação produzir resultados incríveis, ela precisa de um trabalho real para ser procrastinado.

Suponha que temos dois modos de pensamento: modo divertido e modo de ejeção

Modo de Ejeção é o que a maioria das pessoas faz quando pensa criativamente ou de maneira produtiva em geral. Isso é o que vem na mente quando alguém menciona “trabalho ativo”. É o modo rápido, onde você sabe que tem muito trabalho para ser feito, e não tem muito tempo para fazê-lo.

No Modo de Ejeção, você está tirando várias coisas da mente, na forma de algo que é útil à você ou às outras pessoas. Você está tirando toda a energia criativa reprimida e a ejetando das entranhas da sua mente em um frenesi de paixão, como quando um piloto de caça é ejetado. Esse é um tema comum em representações artísticas do arquétipo de “gênio do mal”.

Eu não sei você, mas eu gosto de pensar que gasto bastante tempo no Modo de Ejeção (ou ao menos acho que gasto).

Mulher atrás de uma mesa com computador e vários livros concentrada.

O Modo de Ejeção é muito importante. Provavelmente 99% dos artigos de produtividade no Medium são criados para ajudar você a atingir a eficiência máxima no Modo de Ejeção.

Mas o “gênio criativo” vêm de pessoas que primariamente trabalham no Modo de Ejeção?

Apresentando, o Modo Divertido

A contrapartida do Modo de Ejeção.

Homem com óculos de estrela tocando guitarra e várias serpentinas ao seu redor.

Eu gostaria de livremente definir o Modo Divertido como algo que a maioria das pessoas não faz conscientemente mas ainda sim se compromete — queiram elas ou não. Isso pode parecer procrastinação, mas é incrivelmente importante para qualquer tipo de trabalho criativo.

Uma história muito interessante e a do lendário cineasta Alfred Hitchcock e seu processo de escrita.

Imagine que você está em uma sala onde Hitchcock está escrevendo, trabalhando em um roteiro, quando se depara com um bloqueio no seu processo criativo. Então o que Hitchcock faz?

Ele se levanta e começa a contar uma história aleatória, sem relação nenhuma com a tarefa que estava fazendo.

Talvez você pense que ele está perdendo tempo. Certamente é isso que parece. Mas ele na verdade está fazendo algo realmente importante para o processo criativo — ficando relaxado, entrando em um modo “lúdico”, mudando o estado da mente.

Veja, quando Hitchcock estava trabalhando em um filme e as coisas ficavam muito intensas, ele parava e dizia “nós estamos apressando!”.

Ele nunca deixava ele próprio se estressar.

No Modo de Absorção, nós estamos basicamente em um estado lúdico. Como uma criança brincando com brinquedos. Nós não temos nenhuma expectativa de retorno real, nenhum senso de urgência. Apenas um sentimento de curiosidade.

Podemos pegar todas as coisas que acumulamos de nossas experiências e do nosso ambiente e deixá-las ferver, como um grande e feio recipiente que chamamos de "O Problema".

Quando estamos suficientemente relaxados, somos hábeis a dar um passo atrás, brincar com ideias e formar novas conexões entre elas, talvez reduzindo alguns elementos até seus fundamentos mais básicos e incorporá-los à outros elementos.

Nós não estamos tentando atacar o problema diretamente. Pense nisso como explorar cada possibilidade única, e brincar com elas de uma maneira relaxada, ou gentilmente soprar os vapores do Problema de tempos em tempos.

Algumas dicas úteis (talvez) para fazer o melhor uso do Modo Divertido

Dê a você mesmo mais tempo para um projeto.

Da Vinci demorara para fazer incríveis obras de arte pois sentia que nunca estavam “prontas”. Obviamente, é importante disponibilizar coisas para uso, mas tenha certeza de se permitir ter o máximo de tempo para pensar.

Se distraia.

Sim, é sério. Isso Vai de encontro com o conselho convencional de produtividade, mas você é tudo menos convencional. Se algo e chama atenção, se divirta com isso. Realmente entenda o que está acontecendo. Entre no buraco do coelho. Você provavelmente irá encontrar fezes, mas existe uma chance de sair no País das Maravilhas.

Contra Intuitivamente, não se distraia com o mundo externo. Você precisa estar em um estado mental particular onde não está pensando sobre seus emails e outras coisas sem importância como isso.

Não fique no Modo Divertido por um longo período de tempo.

Senão, você irá acabar tendo várias ideias super criativas mas nunca irá executá-las. A execução acontece no Modo de Ejeção, e você pode ler tudo sobre isso em vários artigos na categoria produtividade no nosso site. As pessoas mais criativas que conheço sabem exatamente quando e como alternar entre os dois modos.


Publicado originalmente em: How to Procrastinate and Still Be a Creative Genius

Traduzido e adaptado por apetrecho.digital

Baixe grátis:Mapa do Meta-aprendizadoConfira o passo-a-passo para criar seu mapa do meta-aprendizado e aprimorar o seu processo de aprendizagem. Com o mapa do meta-aprendizado, aprender qualquer coisa fica fácil!BAIXAR AGORA
Capa eBook
Continue aprendendo
8 coisas para aprender em 10 minutos e melhorar 10x sua produtividade

Descubra como melhorar sua produtividade aprendendo oito atitudes.

Soft Skills
7 desconfortáveis regras da vida que todos sabem, mas poucos seguem

Regras da vida são complicadas. Pessoas jogam com regras diferentes.

Comportamento