7 desconfortáveis regras da vida que todos sabem, mas poucos seguem

A não ser que você esteja vencendo, a maior parte da vida parecerá injusta para você.

Regras da vida são complicadas. Pessoas jogam com regras diferentes.

Mas existem princípios fundamentais que pessoas de alta performance usam para guiar suas ações — princípios que fazem sentido para essas pessoas. Mas eles podem parecer desconfortáveis para você. Apesar disso, vale a pena conhecê-los. Ou melhor ainda, é importante saber o que funciona para quem está vencendo.

A maioria das pessoas nunca se organiza para aprendê-los — elas escolhem fazer as mesmas coisas repetidamente, esperando resultados diferentes. Isso é insanidade, como dito por Einstein.

1. A vida é uma competição — mas não tem uma única definição de vitória

É uma coisa dolorosa de se acreditar, mas na realidade, é verdade. Todos nós somos jogadores tentando fazer nosso caminho e vencer o complicado jogo da vida.

Estamos todos competindo. Todos nós estamos competindo pelas mesmas coisas na vida — dinheiro, status, reconhecimento, etc.

O que você faz para viver? Alguém está ocupado tentando te substituir por um código. Deseja um emprego que tenha salários altos ou um ótimo contrato? Outras pessoas também.

"Pessoas se vestem bem para conquistar parceiros. Elas vão à entrevistas para conquistar empregos. Se você negar que a competição existe, você já está perdendo. Tudo que tem demanda está em uma escala competitiva. E o melhor a fazer é avaliar as demandas que realmente valem a luta de serem conquistadas", argumenta Oliver Emberton, fundador do Silktide, escritor, pianista, programador e artista.

Na verdade, você deveria competir com você mesmo — para melhorar ou se tornar uma versão melhor de você mesmo. Estar em uma competição consigo mesmo é a competição mais saudável. Ninguém precisa perder para você ganhar.

Defina os limites para você mesmo. Concentre sua energia de competição para encontrar seus próprios padrões e expectativas. Seja o guia na sua jornada para o sucesso.

A benção da civilização moderna é que existe abundância de oportunidades para obter o que você quer se você está pronto para encarar o caminho tortuoso — desapontamentos, falhas, perseveranças, e retrocessos.

2. Você é recompensado pelo volume de pessoas que pode impactar

Na vida, o que você pensa realmente não importa — é o que você faz que lhe traz recompensas. O mundo não julga você pelo que pensa, mas sim por suas ações e riscos tomados.

Escreva um livro não publicado, ninguém liga — apenas o escreva e deixe disponível ou ainda melhor, o publique e de repente pessoas vão querer saber sua história.

Cientistas que pesquisam o câncer ganham menos que supermodelos. Um vendedor é recompensado baseado no número de pessoas que se tornam clientes.

Se você é freelancer, sua renda é determinada pelo número de clientes que você atende. Se você tem um negócio online, quanto mais visitas melhor.

Investidores de risco começam a perceber sua startup se você atrair mais atenção e assinantes.

A vida é um jogo de números.

3. Vencedores tem muitos tipos de habilidades

A vida é um processo contínuo de empilhamento de habilidades. As que você aprendeu hoje podem ser usadas não só amanhã mas pelo resto de sua vida.

O que te trouxe até aqui, pode não ser capaz de te levar onde você quiser estar amanhã. Ao invés de ser o expert em uma habilidade, construa um conjunto de habilidades.

Aprenda novas habilidades, nem sempre relacionadas, e então as combine para se tornar mais eficiente, ou ter mais valor.

Tim Herrera do New York Times explica, “a ideia é que ao invés de concentrar seus esforços em se tornar singularmente bom em uma habilidade ou tarefa específica, você deve se esforçar para ser proficiente em algumas habilidades relacionadas que podem ser combinadas em um conjunto de habilidades maior que só então o torna singularmente bom na sua profissão ou em alguma habilidade da vida”.

Habilidades individuais são comuns. Combinações são raras.

Se você quer aumentar seu valor, dê um passo para trás do seu núcleo de forças, e considere construir uma combinação mais ampla delas.

A pequena fatia de tempo que você se dedica aprendendo uma nova habilidade que estimula seu interesse pode compensar para o resto de sua vida. Falhar em aprender habilidades chave pode ter um impacto duradouro na sua vida.

4. A vida é um jogo longo — sua estratégia (decisões e escolhas) determina quanto você dura

Todos os jogadores morrem depois de mais ou menos 29.000 dias, ou 80 anos.

Suas escolhas diárias estão moldando onde você irá estar — feliz, saudável, realizado — ou miserável. Se você aplicar as regras certas em cada estágio da vida, você provavelmente vai durar mais tempo.

É por causa disso que sua estratégia é importante. Porque até hoje a maioria de nós entendeu a vida, nós aproveitamos muito das melhores partes dela. Mas nunca é tarde para aplicar algumas regras, visto que sua vida depende disso.

5. Felicidade é ser responsável pela sua própria experiência

“Felicidade é um trabalho interno. Não atribua esse poder sobre a sua vida à ninguém”, diz Mandy Hale, uma blogueira que se tornou autora de best-seller do New York Times, palestrante e criadora de um movimento nas redes sociais.

Se você espera que os outros o façam feliz, você sempre estará desapontado. Ser responsável significa não culpar os outros pela sua infelicidade.

A verdade mais importante sobre a felicidade é: sua felicidade depende muito mais da sua atitude do que dos objetivos ou circunstâncias externas.

Ao invés de tentar ser feliz com uma pessoa ou emprego, ou fator externo, veja os relacionamentos e o trabalho como maneiras de expressar sua felicidade, e foque em como você pode dar mais felicidade.

Tudo ao seu redor pode te ajudar a ter uma vida melhor, mas não são fins para a sua felicidade.

6. Se você está esperando que os outros te ajudem a aproveitar a vida, está no caminho errado

Todos nós queremos aproveitar a vida, não sua uma fração dela. Não sente e espere que a realização da vida venha até você.

Se apegue aos pequenos prazeres da vida quando encontrá-los. As coisas simples são as mais extraordinárias, que algumas vezes deixam sua vida mais fácil de ser gerenciada.

Aproveitar a vida não é sobre tirar férias ou ter bônus. A vida oferece mais do que esses momentos curtos de calma e liberação de dopamina. Os pequenos momentos que você não está percebendo são os verdadeiros fatores que podem garantir alegria. Felicidade verdadeira é sobre abraçar as alegrias da vida.

Como nós gastamos nossos dias é como nós gastamos a nossa vida, como diz o provérbio. O hábito de aproveitar cada prazer mínimo nas pequenas coisas muda sua vida.

Segue uma frase que provoca o pensamento, dita por Brian Krans que nos encoraja a tirar tempo para nós mesmos, nossos relacionamentos, e o que nos importamos:

“Está feliz? Já esteve feliz? O que fez hoje que importou? Você apenas existe ou você vive? Como você prospera? Se torne um camaleão em todos os lugares. Seja um rockstar em qualquer lugar. Não faça nada, faça tudo. Esqueça tudo, lembre-se de todos. Se preocupe, não apenas finja. Ouça à todos. Ame todos e nada ao mesmo tempo. É impossível ser tudo, mas você pode parar de tentar fazer tudo”.

7. A vida não é uma corrida ou maratona, é um labirinto

Pare de encarar a vida como uma corrida.

Pare de pensar que você pode colocar uma porção de esforços e rapidamente atingir a linha de chegada. Aprecie o processo e trabalho no seu caminho até o topo.

A vida real não tem sinais, não tem linhas retas. Existe apenas um labirinto de infinitas opções: alguns caminhos, como carreiras, levam 5 vezes mais tempo. Alguns caminhos, como relacionamentos, são ruas sem saída.

Um labirinto é cheio de escolhas, desafios e perguntas. E é sujeito a várias influências externas, boas e más.

Como qualquer labirinto, nós devemos esperar se perder e encontrar o caminho novamente. De fato, todos fazem isso — se levantar e encontrar o caminho certo é o que separa vencedores de todo o resto.

Existem apenas duas maneiras de avançar na vida — avançando quando você pode ou dar um passo atrás, reconsiderar suas opções e tentar outra coisa.

O maior erro que muitas pessoas ainda cometem é que ficam paradas por muito tempo. Elas travam, se recusam a pensar, desistem, ou param de viver. Existe sempre uma saída quando você trava — você apenas ainda não a encontrou.


Publicado originalmente em: 7 Uncomfortable Rules of Life Everyone Knows, But Only a Few Follow

Traduzido e adaptado por apetrecho.digital

Baixe grátis:Autodidatismo para iniciantesConheça os 5 passos para se tornar autodidata, mudando hábitos e desenvolvendo habilidades complementares. Ser autodidata é mais fácil do que você imagina e nós vamos te provar isso!BAIXAR AGORA
Capa eBook
Continue aprendendo
Como procrastinar e ainda ser um gênio criativo

Saiba como a procrastinação pode ajudar você no processo criativo.

Comportamento
3 dicas inteligentes para melhorar seu intelecto

Conheça três atitudes de pessoas inteligentes e saiba como elas podem ajudar você a melhorar seu intelecto.

Aprendizagem