Qual é a melhor língua estrangeira para aprender?

Por que aprender uma língua estrangeira?

Se você consegue ler esse artigo, já sabe um idioma útil na sua vida, não é? Então, por que se dar ao trabalho de estudar outra língua?

Em um aeroporto de Dubai, com companheiros de viagem da Rússia, é mais provável você conseguir se comunicar em Inglês do que em qualquer outro idioma.

Viajar para a Noruega com companheiros japoneses só dará certo se você souber pelo menos falar inglês.

Mas aprender um outro idioma vai muito além de viagens internacionais com companheiros estrangeiros.

Você já leu um poema em inglês e se apaixonou pela rima?

Já assistiu um anime e conseguiu entender uma frase sem precisar da legenda?

Aprender outro idioma abre seu alcance cultural e dá acesso a músicas, jogos, filmes e até mesmo memes de vários outros países.

Na sua carreira profissional, saber um segundo ou terceiro idioma pode ajudar a conseguir uma promoção ou ganhar uma grande negociação.

Se a outra parte sabe o seu idioma mas você não sabe o idioma dela, você já começa a negociação em uma posição mais delicada.

Muitos negócios ruins foram feitos pela falta de conhecimento de línguas ou modos estrangeiros.

Diplomacia, guerra e trabalho de inteligência são todos enfraquecidos pela falta de linguistas capazes.

Praticamente qualquer carreira, pública ou privada, ganha impulso com o conhecimento de uma língua estrangeira.

Mas então qual é o melhor idioma para aprender?

Se você ainda não sabe inglês, essa seria a melhor língua para começar.

Além da facilidade de alcançar um bom nível de entendimento, o inglês não tem artigos e seus verbos não têm conjugação.

Em praticamente qualquer lugar do mundo que você for, conseguirá informações em inglês (talvez seja mais difícil na França!).

Muitos artigos e materiais sobre diversos assuntos são traduzidos para o inglês, o que facilita o acesso às informações se você conseguir entender o idioma.

O Inglês é um idioma fácil e que garante seu acesso a sites de notícias do mundo todo, até mesmo o site do Partido Comunista da China tem sua versão em inglês.

Agora, se você já sabe inglês e quer aprender outra língua, existe uma lista de idiomas que você pode optar, de acordo com seu objetivo.

Se você acha que é muito difícil dominar outro idioma, não se desespere! Utilize ferramentas que ajudam a introduzir um novo idioma, como o Duolingo. É possível estudar e aprender qualquer coisa.

Pense se você quer aprender um novo idioma por causa de trabalho ou de viagens e comece a planejar hoje mesmo seu método de estudos para dominar outra língua!

Por que (não) aprender Mandarim?

Dizem que Mandarim é o idioma do futuro, mas especialistas discordam.

De acordo com um artigo do The Economist, Mandarim é muito visado por causa da expansão econômica da China.

“A economia da China continua a crescer a um ritmo que a tornará maior do que a dos Estados Unidos em no máximo duas décadas. A influência política da China está crescendo em conformidade. Seus empresários estão comprando de tudo, de marcas americanas a minerais africanos e direitos do petróleo russo.”

Se a China é o país do futuro, mandarim é a língua do futuro, certo?

Depende! Alguns especialistas dizem que sim, outros acham não valer a pena o esforço.

Isso porque aprender mandarim é muito difícil. Diferente do inglês que é considerado uma língua simples e rápida de aprender, nem os próprios chineses dominam 100% do mandarim hoje em dia.

O motivo disso é o sistema de escrita chinês. A pessoa precisa aprender pelo menos 3.000 caracteres para entender a escrita e alguns milhares mais para dominar o idioma.

Outra dificuldade é a entonação da fala, pois com as mesmas palavras em tons diferentes você pode sair de “bom dia!” para “eu sou um cavalo” (na verdade eu não sei se é possível exatamente isso, mas conheci pessoas que falam mandarim e me disseram isso).  

Segundo o jornal The Economist, uma pesquisa relatada no Diário do Povo (jornal oficial do Partido Comunista da China) constatou que 84% das pessoas entrevistadas concordam que as habilidades em chinês estão diminuindo.

Cada vez menos falantes nativos aprendem a produzir os caracteres da forma tradicional.

Em vez disso, eles escrevem da mesma forma que nós, com um computador.

Os falantes nativos usam o alfabeto romano para produzir caracteres chineses. Existem softwares que transformam o que o usuário escreveu e oferece uma lista de todos os possíveis caracteres que podem ser utilizados.

Com isso, a necessidade de memorizar os caracteres está diminuindo, o que faz com que os chineses mais jovens esqueçam-os.

Enquanto a China mantiver o sistema baseado em caracteres (o que provavelmente levará muito tempo, graças ao apego cultural e também a questões práticas) dificilmente se tornará uma verdadeira língua mundial, uma língua auxiliar como o inglês.

Um químico brasileiro que publicará artigos na esperança de serem lidos no Canadá, Noruega e Índia, por exemplo, o fará em inglês. Esse é o papel de uma língua auxiliar.

É claro que o idioma é fascinante e fica bem no currículo de qualquer pessoa. É um ótimo idioma para se aprender, porém não se engane ao pensar que ele é necessariamente o “idioma do futuro”.

Se seu nicho de mercado pode atrair investidores chineses, seria ótimo começar hoje mesmo a aprender o básico.

O nosso mercado foi dominado pela China e é inteligente querer aprender a falar o idioma para conseguir negociar melhor.

Também é um país fascinante para visitar.

A China valoriza muito a “moeda Intelectual”, motivo pelo qual falar mandarim e ser especialista em algum assunto pode levar você a viver bem lá.

Os pontos positivos e negativos de aprender esse idioma devem ser pesados de acordo com o que você deseja para sua vida, mas não perca a oportunidade de falar mandarim se você puder!

Por que aprender Francês?

Ao contrário do que muitos pensam, o francês é uma língua muito menos limitada do que parece.

À medida que seu império se desdobrava e eles se tornavam uma potência de tamanho médio após a segunda guerra mundial, os franceses, na esperança de manter alguma distância da América e aproveitar ao máximo suas antigas “possessões”, estabeleceram a La Francophonie.

Este clube, que reúne todos os países de origem francófona, tem 88 membros (entre Estados e governos).

Poucos deles são lugares onde o francês é a língua nativa de todos. Em vez disso, eles incluem países com minorias francófonas (Suíça, Bélgica), aqueles onde o francês é oficial e difundido entre as elites (grande parte da África ocidental).

Inclui também aqueles em que não é oficial, mas ainda é falado por quase todas as pessoas instruídas (Marrocos, Líbano) e aqueles onde os laços franceses permanecem apesar do desbotamento da língua (Vietnã, Camboja).

Tem até membros com poucos laços com o francês ou com a França, como o Egito, que simplesmente querem se associar ao prestígio do mundo francófono. Outros 19 países são membros observadores.

O francês ocupa a 5ª posição na lista de línguas faladas mundialmente com 280 milhões de falantes no mundo.

Outras línguas são mais usadas e muito úteis regionalmente. Agora, se você já fala Inglês e está em busca de outra língua útil em diversos países, o Francês é uma ótima opção.

Ele pode aumentar seu prazer pela arte, história, literatura e comida, ao mesmo tempo em que é uma ferramenta importante nos negócios e útil na diplomacia.

Possui falantes nativos em todas as regiões do planeta e é uma língua latina, próxima ao Português, pode ser mais fácil de aprender.

Além de tudo isso, a França atrai mais turistas do que qualquer outro país. Segundo a Organização Mundial do Turismo, só em 2016 a França recebeu 83 milhões de visitantes.

Qualquer visita lá é grandemente realçada por algum domínio do idioma.

Por que aprender Espanhol?

Apenas o inglês e o mandarim são mais usados na Internet do que o espanhol.

Na lista dos idiomas mais falados do mundo, o Espanhol ocupa o 4º lugar.

Na América Latina, é o idioma mais usado e o segundo mais usado nos Estados Unidos da América (o número de falantes do Espanhol cresce lá a cada ano).

Possui 534 milhões de falantes no mundo e uma cultura tão rica que é um desperdício não conseguir apreciar sua literatura e música apropriadamente.

Portanto, se você está no mundo dos negócios, nas artes ou apenas deseja ingressar na conversación, esses são bons motivos para aprender espanhol.

O fato de que se espalha pelas Américas, Espanha e até mesmo partes da África e da Ásia torna a defesa do espanhol ainda mais forte.

Depois do inglês, é a língua internacional mais usada. Para os turistas, facilita e enriquece as viagens nos mais de 20 países onde o espanhol é a língua principal.

Temos contato com o espanhol desde pequenos, através das trilhas sonoras das novelas mexicanas que passavam na TV e também, para quem mora perto das fronteiras, pela proximidade com falantes nativos.

Nós brasileiros temos uma vantagem muito grande para aprender Espanhol. E depois de aprender o espanhol, você está a meio caminho do italiano e do francês.

Aprender espanhol? ¡Cómo no!

Por que aprender Árabe?

É um idioma difícil.

Os primeiros anos do árabe são frustrantes. Enquanto aqueles que estudam espanhol galopam, conversando sobre as cervejas que desejam e as irmãs que têm, você deve dominar um novo jeito de pensar no idioma.

Os pontos e traços se borram diante de seus olhos, as vogais se desvanecem no nada, as letras mudam de forma dependendo de onde aparecem na palavra.

O sistema de raiz de três letras do árabe para criar palavras, adicionar sufixos, prefixos e fixos que nem existem em português, parecerá totalmente estranho.

Mas a luta vale a pena e as recompensas começam com o seu ego. O conhecimento do árabe, por menor que seja, impressiona não apenas os monoglotas ou os que optaram pelo espanhol, mas também os falantes nativos.

Egípcios, sírios e palestinos, movidos por você ter se dado ao trabalho de lutar com a língua deles, irão regá-lo com elogios.

Também nos negócios aprender árabe pode ser muito bom, afinal cada vez mais ouvimos falar em grandes empresas firmando parcerias com empresas milionárias de países árabes.

O árabe ocupa a 6ª posição na lista de idiomas mais falados no mundo, com 274 milhões de falantes espalhados pelo mundo.

Culturalmente, os falantes da língua já são influentes no mundo e praticamente qualquer país do mundo que você visite, encontrará alguém para treinar seu Árabe.

Por que aprender Latim?

O uso direto da língua é virtualmente nulo.

Mas o latim — que nos dá tanto “direto” quanto “uso”, tanto “virtualmente” quanto “nulo” — tem sido de uso indireto em vários momentos, principalmente se você for biólogo, médico ou advogado.

Ele ensina gramática e sintaxe melhor do que sua própria língua, cuja estrutura você absorve antes de ser capaz de perceber. O latim não oferece nenhum esconderijo.

Cada parte da frase deve se encaixar com o resto: todo final tem que ser o correto. Aprender latim é aprender rigor.

O preço do rigor é o mortis. Em breve, alguém o ajudará a informar que o latim é uma língua morta.

De um jeito, claro, mas de outros continua vivo.

É a raiz do nosso idioma. É uma presença viva em inglês e francês, é a mãe do italiano e do espanhol e chega até ao alemão.

Na maioria das vezes, as palavras que essas línguas têm em comum são as latinas: continua sendo uma língua franca. As palavras que tiramos do latim tendem a ser longas, reflexivas, intelectuais.

É um pouco mais difícil falar besteira quando você aprende latim. E se você persistir, descobrirá, depois de não mais do que oito ou nove anos, que esta é uma linguagem gloriosa per se.

Imagine poder ler Cícero, Ovídio e Lucrécio na escrita original! Pense em ler Eneida de Virgílio!

Além da fascinante riqueza das obras artísticas, o Latim vai aproximar você de outros idiomas que sempre sonhou aprender: francês, italiano e até mesmo o romeno.

É claro que todos os idiomas são úteis e fascinantes para aprender, mas tudo depende do seu objetivo.

Se são negócios, veja os países que dominam o mercado. Se é para ter acesso a culturas diferentes, entenda qual mais chama a sua atenção.

Para viajar o mundo, a lista dos idiomas mais falados pode ser uma ferramenta de grande ajuda.

Eu particularmente sonho em aprender Islandês, mesmo sabendo que o idioma é falado por apenas, aproximadamente, 320 mil pessoas. Então não é apenas questão de utilidade.

Aprender um novo idioma é maravilhoso, não tenha medo de se jogar e sonhar alto.

Quer aprender ferramentas de estudo para tornar sua aprendizagem mais fácil? Assine nossa Newsletter e receba no seu e-mail dicas todos os dias.

Baixe grátis:Mapa do Meta-aprendizadoConfira o passo-a-passo para criar seu mapa do meta-aprendizado e aprimorar o seu processo de aprendizagem. Com o mapa do meta-aprendizado, aprender qualquer coisa fica fácil!BAIXAR AGORA
Capa eBook
Continue aprendendo
A sociedade brasileira e o hábito da leitura: por que não gostamos de ler?

Você já se perguntou por que não gosta de ler? Ou por que as pessoas que você conhece não têm o hábito da leitura? Nós temos a resposta para essas questões, e não são nada animadoras.

Estudos
7 webcomics para melhorar seu inglês e seu humor

Quer estudar inglês de uma forma diferente e se divertir ao mesmo tempo? Conheça o maravilhoso mundo das webcomics!

Estudos