4 Dicas rápidas sobre Criatividade e Inovação para você colocar em prática ainda hoje

Você gosta de ser a primeira pessoa a pensar alguma coisa ou a fazer algo? Tem aquele pensamento “eu gostava disso antes de ser cool”? Isso significa que você gosta de criatividade e inovação.

Pessoas criativas são capazes de propor ideias e se comportar de forma inovadora. Elas inventam moda mesmo.

A criatividade faz parte do dia a dia de todos nós. Na infância, experimentamos o seu desabrochar, momento em que mostramos grande aptidão para absorver, modelar e criar coisas novas.

Mas à medida que crescemos, a influência das pessoas, as regras e os limites impostos, assim como o medo do fracasso, acabam minguando o nosso potencial criativo, o que torna nossos pensamentos menos abstratos.

Para se manter criativo, é preciso pensar “fora da caixa”, sair da zona de conforto, se expor a novos estímulos e explorar novas realidades constantemente.

Já a inovação, que está muito ligada à criatividade, faz com que as pessoas sejam capazes de transformar uma boa ideia em algo revolucionário e fantástico.

A boa notícia? Ao contrário do que muitos pensam, tanto a criatividade quanto a inovação são habilidades que podem ser aprendidas.

Neste artigo vamos explicar o que é criatividade, o que a difere da inovação e como você pode se tornar uma pessoa mais criativa. Boa leitura!

O que é Criatividade e Inovação
Como melhorar suas habilidades de Criatividade e Inovação
1. Saia da Rotina
2. Valorize seu tempo “ocioso”
3. Pense mais no problema e (um pouco) menos na solução
4. Anote as ideias e pratique bastante
Hábitos para melhorar a Criatividade

O que é Criatividade e Inovação

“Criatividade é inventar, experimentar, crescer, correr riscos, quebrar regras, cometer erros, e se divertir.” Mary Lou Cook

A criatividade é uma habilidade com aplicabilidade universal (ou seja, pode ser usada em qualquer área, para qualquer objetivo). É descrita como a capacidade de imaginar, criar, produzir ou inventar conceitos, ideias ou coisas inéditas.

Também pode ser entendida como a ponte entre o pensamento abstrato e o tangível.

Contrariando o senso comum, a criatividade não é necessariamente um dom, é uma competência que pode ser desenvolvida por quem não tem, e melhorada por quem já a possui. Confira 11 Dicas para cultivar a Mentalidade de Crescimento e aprender tudo o que você quiser.

O mercado já reconhece essa habilidade como uma das mais importantes atualmente. Segundo o Fórum Econômico Mundial, a criatividade será uma das 10 habilidades profissionais mais valorizadas por grandes corporações até 2022. Esse ranking foi divulgado na pesquisa Future Of Jobs, realizada em escala global com grandes empresas que atuam em 20 países.

A verdade é que todos precisam de criatividade, e quanto mais capacidade de associação, questionamento constante e experimentação você tiver na sua rotina, mais você será criativo.  Explicaremos mais sobre isso no próximo tópico.

Agora, diferente da criatividade, que é uma habilidade subjetiva, a inovação é um processo.

Inovar é se adaptar constantemente às mudanças, sempre tendo em vista suas necessidades e objetivos. Até mesmo a escolha de um método de estudo diferente pode ser considerado inovador, se ele trouxer melhores resultados.

Neste sentido, o processo de inovação pode resultar tanto em mudanças radicais (como a criação de um produto), quanto em melhorias nos produtos já existentes ou nos processos que você já utiliza na sua vida profissional e pessoal (melhoria no atendimento, adoção de uma nova metodologia).

Em resumo: enquanto criatividade é criar, inovar é reinventar ou tornar ainda melhor o que já existe.

Agora que você aprendeu o que é criatividade e inovação, chegou a hora de entender como aplicar no seu dia a dia e tornar sua vida cada vez mais extraordinária.

Como melhorar suas habilidades de criatividade e inovação

Como explicado antes, a criatividade é uma habilidade, portanto pode ser estimulada e aprendida. Separamos dicas práticas que podem te ajudar a exercitar sua capacidade:

1. Saia da rotina

Frequentar lugares diferentes, pedir um prato que você nunca experimentou, escutar uma banda diferente, tomar outro caminho ou puxar papo com uma pessoa que você sempre vê mas nunca conversa. Todos esses padrões, quando quebrados, levam você mais perto da liberdade criativa.

2. Valorize seu tempo “ocioso”

Você já teve ideias maravilhosas durante o banho? Isso acontece porque seu cérebro precisa de momentos de distração para processar o volume de informações que ele recebe o dia todo. Você não conseguirá ser criativo se passar o tempo todo concentrado nisso.

3. Pense mais no problema e (um pouco) menos na solução

O processo criativo começa, muitas vezes, com um problema sem solução. Se você souber exatamente qual é o problema que precisa resolver, será mais fácil pensar em uma solução criativa e útil. Por isso, passe mais tempo definindo claramente qual é o problema e só depois disso comece a pensar em formas de solucionar.

4. Anote as ideias e pratique bastante

Assim como acontece com qualquer outra habilidade, desenvolver a criatividade requer prática.

Por isso, é essencial se manter curioso e gerar novas ideias diariamente. Anote-as em um caderno ou no bloco de notas do celular. Podem ser ideias absurdas e “impossíveis”, o importante é manter o hábito de pensar e criar coisas novas.

Hábitos para melhorar a Criatividade

Existem outros hábitos que você pode adotar e que ajudam a melhorar sua criatividade:

1. Acompanhar o trabalho de pessoas criativas e inovadoras;
2. Faça um resumo sobre seus livros preferidos;
3. Informar-se sobre vários assuntos;
4. Organizar suas tarefas;
5. Conhecer o mundo (viajando, assistindo documentários, lendo);
6. Cuidar do seu ambiente (com uma boa decoração, iluminação e conforto).

Se você se interessou por esse assunto e quer se aprofundar, recomendamos a leitura do livro "Grande Magia", da autora Elizabeth Gilbert, que aborda de uma forma diferente o processo criativo.

Agora, se você precisa melhorar sua capacidade de inovação, recomendamos a leitura do livro "DNA do Inovador" de Jeff Dyer, Hal Gregersen e Clayton Christensen.

Nesse livro você aprenderá sobre as 5 principais características das pessoas inovadoras, quais sejam:

1. Saber associar;
2. Questionar;
3. Observar;
4. Trabalhar em equipe; e
5. Experimentar.

Quando você conseguir praticar esses 5 pontos, se tornará uma pessoa inovadora e capaz de fazer parte do seleto grupo de “Inovadores de Ruptura”.

Se você domina a língua inglesa, pode aproveitar esse vídeo do autor Jeff Dyer explicando sobre o pensamento criativo e vários outros pontos do livro. (Você também pode ativar as legendas automáticas do YouTube, se preferir).

Entender o que é criatividade e inovação e desenvolver essas habilidades abrirá várias portas na sua vida profissional e também na pessoal. Você está pronto para colocar essas dicas em prática e aprender a solucionar problemas de maneira criativa e inovadora?

Baixe grátis:Autodidatismo para iniciantesConheça os 5 passos para se tornar autodidata, mudando hábitos e desenvolvendo habilidades complementares. Ser autodidata é mais fácil do que você imagina e nós vamos te provar isso!BAIXAR AGORA
Capa eBook
Continue aprendendo
Entenda o que é Pensamento Crítico e conquiste a verdadeira liberdade e autonomia

Em tempos de Fake News, quem pensa criticamente é rei!

Soft Skills
11 Dicas para cultivar a Mentalidade de Crescimento e aprender tudo o que você quiser

Você sabia que o principal motivo das pessoas não aprenderem tudo o que querem é a Mentalidade Fixa que possuem? Se você acreditar, você pode aprender qualquer coisa. Descubra como fazer isso!

Aprendizagem